Agrícola

11/08/2018 06:02 revistagloborural.

Exportação de carne bovina bateu recorde em julho

A exportação total de carne bovina (in natura e processada) bateu recorde em julho, com crescimento de 24% em comparação com igual mês de 2017, depois de quatro meses consecutivos de resultados negativos. Foram embarcadas 159.004 toneladas no mês passado, em comparação com 127.787 toneladas em julho de 2017. Os preços também melhoraram significativamente. A receita cambial, que no mesmo mês de 2017 atingiu US$ 533,5 milhões, saltou para US$ 840 milhões em julho passado, crescimento de 58%. As informações são da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), que compilou os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Os números são positivos no acumulado do ano até julho, favorecendo alcançar a meta de crescimento de 10% em 2018, já que no segundo semestre do ano as vendas tendem a crescer, avalia a Abrafrigo. Em 2017 foram exportadas 783.735 toneladas de carne bovina até julho e a receita obtida foi de US$ 3,1 bilhões. Em 2018 a movimentação é de 841.002 toneladas e a receita cambial obtida atingiu US$ 3,5 bilhões, com crescimento respectivo de 7% e de 11%.

Segundo a Abrafrigo, há expectativa no setor pelo retorno da Rússia às compras do Brasil. A Rússia respondia por cerca de 10% das vendas brasileiras e, em 2017, havia movimentado 88 mil toneladas até julho. A Abrafrigo destaca uma recuperação nas vendas para alguns países da União Europeia: Alemanha (+32%); Países Baixos (+10%); Reino Unido (+16,7%) e Espanha (+30,8%). No total, 84 países aumentaram suas compras até julho enquanto outros 58 reduziram as aquisições de carne brasileira.


Rádio Tucunaré

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Cadernos

Sobre

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo