Juara

13/01/2017 16:37

Cadáver é encontrado no Bairro Jardim Califórnia em Juara

Ontem no início da noite de quinta-feira (12) aconteceu o fato do aparente suicídio de Roseni Alves Teixeira, de 34 anos, conhecida como Dinha.

Leia: Mulher comete suicídio em Juara inconformada pelo fim do relacionamento

E no início da tarde de sexta-feira, a polícia recebeu a solicitação de que havia um cadáver de um homem no Jardim Califórnia. Segundo relatos de vizinhos, ainda não confirmados pela a policia, o homem se chama Joel, tem entre 38 e 40 anos e trabalhava em serviços braçais em fazendas.

O delegado, Carlos Henrique Engelmann, em entrevista a reportagem da Rádio Tucunaré, falou sobre os fatos.

De acordo com o Delegado, no final da tarde de ontem (12), recebeu a solicitação de que havia em uma residência no Bairro Cruzeiro do Sul, o corpo de uma mulher, em verificação no local. Foi constatado que, a morte foi causada por enforcamento com suspensão parcial do corpo.

Em decorrência da natureza jurídica desse fato, a Polícia Civil acionou peritos da POLITEC de Juína, para fazer os exames perinecroscópicos no local, no intuito de fornecerem laudos a respeito do que eles eventualmente constatarem.

De acordo com os fatos históricos, apresentado pela família da vítima e em torno das características do local de sua morte, lembram e induz em juízo, que a morte foi provocada por suicídio, sem o auxilio, induzimento ou instigação de terceiros, mas o fato será apurado definitivamente em inquérito policial.

A Polícia já possui a ocorrência, a partir de hoje (13) será baixada portaria para investigar essa morte. Após a família efetuar todas as honrarias fúnebres e se recompor das condolências, serão chamados para prestar depoimentos na delegacia, assim como, qualquer testemunha que tenham tomado conhecimento sobre o fato.

No começo da Tarde de sexta-feira (13), a polícia recebeu a solicitação de que havia um corpo em uma residência no bairro popularmente conhecido como bairro da creche, havia um cadáver de um homem, segundo relatos de vizinhos, o homem se chamava Joel e tinha entre 38 a 40 anos.

O delegado, Carlos Henrique Engelmann relatou que, aparentemente, a morte desse homem foi ocasionada por causas naturais. Talvez por um ataque cardíaco fulminante ou algo parecido, pois o cadáver foi encontrado na posição de decúbito ventral (de bruços), sobre um colchão onde dormia.

Segundo o Delegado, não há no local nenhum sinal de violência, nenhum sinal de que a vítima tenha se envolvido em alguma briga, nenhuma perfuração de arma de fogo.

O caso será apurado em inquérito policial, o corpo será encaminhado para Juína para exames de necropsia, posteriormente serão ouvidas as testemunhas que encontraram o cadáver e pessoas que conviviam com ele e, podem prestar algum tipo de informação útil para o esclarecimento do fato.  


Rádio Tucunaré

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Cadernos

Sobre

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo