Juara

08/02/2017 16:30 Radio Tucunaré

Cabo Esdras lamenta situação de colegas de outros estados e agradece ser PM em MT

Em todo país o que mais se houve é a palavra: crise. As polícias militares dos Estados, cada qual enfrentam problemas de toda ordem, como salários atrasos, falta de estrutura para o trabalho, Direitos humanos defendendo somente os bandidos, enfim, um país com estruturas em desordem.

O  Cabo PM Esdras Gideão de Almeida lotado em Juara, estando na carreira de PM de MT há 16 anos, está comemorando aniversário nesse dia 08 e concedeu entrevista à Rádio Tucunaré e Site Acesse Notícias, onde teceu comentários sobre a atuação dos polícia militares de Juara, onde agradeceu, por atuar como policial nesses anos na instituição de MT, enfrentando vários desafios com êxitos.

Esdras declarou que ao sair de casa, ao beijar seu filho e esposa, vai para o serviço sem saber se vai de fato voltar para casa e se voltar, não sabe quando isso será e resumiu dizendo, que com honestidade se dedica ao trabalho e que tem que estar sempre pronto.

Ele trabalha numa escala de 12 horas ou 24 com 2 de 28 horas e as vezes passa duas, três, quatro ou mais noites fora de casa, sem saber quando voltará e como tem Fé em Deus, reza para conseguir voltar para casa com vida.

Para falar sobre a rotina de um policial, Esdras conta que se espelhou no pai e mais 3 irmãos e assim, cresceu acostumado com a rotina de seus familiares e lembra bem, que a mãe pediu que não fosse policial, mas o “sangue falou mais alto” disse.

Em sua vida pessoal, algumas precauções são tomadas e escolhe locais que são evitados para se precaver, embora Juara seja tranquila, mas sempre está em alerta.

Quando colegas policias são mortos por meliantes, Cabo Esdras disse que é difícil de entender e aceitar, mas as buscas são feitas e espera que a justiça seja feita.

A onda de furtos no estado do Espírito Santo, preocupam os demais policiais do país e que as mulheres fizeram um bloqueio humano nas ruas de acessos ao quartel, impendido que os policias saíssem para seus trabalhos por salários melhores, mas “se está ruim com a polícia imagine sem a polícia”, lembrou Esdras sobre os momentos que vive a população daquele estado.

Citando o seu aniversário o Cabo da PM revelou que está em Juara há 14 anos, conhece bem as pessoas e gosta da cidade e das pessoas com quem trabalha. Para ele o maior patrulheiro é a população de Juara que denuncia e colabora com a PM.

Esdras orienta, que a população quando olha para a polícia esse sente segura, mas outros trabalhos são realizados como: PM Mirim, PROERD, que previne o uso de drogas entre jovens com palestras, e as crianças ainda veem o policial como heróis e outros serviços interativos que são feitos.

O PM Cabo Esdras agradeceu pela oportunidade de trabalhar com seus superiores e colegas de Juara, e analisou: “são fora de série, porque gostam de trabalhar de verdade”, pontuou.


Rádio Tucunaré

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Cadernos

Sobre

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo