Juara

25/05/2018 13:39 Acesse Notícias/Rádio Tucunaré

Vereador Leo Boy apresenta projeto de Lei que visa fortalecer comércio local e instalação de novas empresas

Deu entrada na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores, realizada na última segunda-feira, 21, o Projeto de Lei Complementar 001/2018 que visa alterar o anexo 18 do Plano Diretor, que estabelece regras sobre o uso e ocupação do solo do município, com a alteração na lei, Juara deverá ser beneficiada com o fortalecimento do comércio local e a instalação de novas empresas e indústrias, gerando assim, emprego e renda para o município.

O vereador Leo Boy (PR), 2º secretário do biênio 2017/2018 da Casa de Leis, explicou em entrevista exclusiva para a rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, que no anexo único dessa Lei Complementar é feita a autorização do uso e ocupação do solo pelos chamados eixos de comércio e serviços do município de Juara que são as avenidas e também algumas ruas que estão no mapa e podem ser utilizadas para construção de prédios comerciais.

Atualmente, somente um pequeno trecho da Avenida Rio Arinos, situado no centro da cidade, pode ser utilizada como comércio e na Avenida Ayrton Senna, somente um lado pode ser usado para instalação de novos prédios comerciais, devido a outra parte ser destinada como Zona Residencial (ZR).

Leo Boy citou o exemplo da Avenida Ayrton Senna que está na ZR3 e que atualmente é permitida a construção de apenas 50 metros do terreno e dessa metragem, a obra não pode ultrapassar a 60 m². “Isso tanto nos eixos comerciais como em qualquer bairro do município de Juara é uma situação que eu não concordo, é uma situação absurda”, desabafa.

O parlamentar frisou que a gestão municipal vem sofrendo com a forma em que essa Lei é tratada, uma vez que segundo ele, impede a construção e instalação de novos comércios e indústrias na cidade.

“A partir da aprovação dessa Lei, isso resolverá definitivamente todos os problemas do comércio do município de Juara. Aquelas pessoas que queiram vir investir em Juara estarão autorizada a usar 100% do terreno e não penas 50%”, esclareceu o vereador.

A proposta deve continuar sendo discutida nas próximas sessões da Câmara Municipal de Vereadores e depois de votada e aprovada, segue para sanção do poder executivo, que depois de sancionada, deve entrar em vigor na data de sua publicação.


Rádio Tucunaré

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Cadernos

Sobre

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo