Acusados de assassinar a própria filha em Tabaporã vão a julgamento no dia 03 de março deste ano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Neste ano de 2021, o Juiz do caso Dr. Rafael Depra Panichella, titular de Tabaporã definiu a data do júri para o dia 03 de março, na Câmara Municipal de Tabaporã, onde o casal, Raquel Araújo Dias e o marido Tiago Silva Lacerda serão julgados pelo ato cometido naquela ocasião.

Conforme já noticiado, o fato aconteceu no dia 27 de dezembro de 2019, quando o casal foi visto nas proximidades do Rio Sereno com um carrinho de bebê, e logo em seguida, eles foram vistos sozinho sem a criança e sem o carrinho pedindo carona.

Segundo as testemunhas, desde então o casal, Raquel Araújo Dias e o então marido Tiago Silva Lacerda não tinha mais sido visto em Tabaporã.

As investigações só tiveram início no dia 08 de janeiro daquele ano.

Os acusados mataram a própria filha, uma menina de apenas 07 (sete) meses de nascido e jogaram o corpo da criança em um poço, conforme os autos do inquérito policial sobre o crime.

Depois de longas investigações, o casal foi preso pela Policia Civil em Jataí, no estado de Goiás para onde haviam foragido, e posteriormente foram reconduzidos para a cadeia Pública de Porto dos Gaúchos.

No ano passado em 2020, a defesa de Raquel Araújo Dias pediu a que ela respondesse em  regime domiciliar alegando que ela é portadora de Hanseníase e HIV, mas o pedido que foi negado pelo juiz.

 

 

 

 

 

Fonte: Da redação acessenoticias/radiotucunare

Com muito ❤ por go7.site