ADEJU de Juara pode ficar sem diretoria, caso não haja interessados em concorrer ao cargo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Com mais de 20 anos de existência em Juara com sede no bairro Jardim Paranaguá, a Associação dos Deficientes Físicos de Juara (ADEJU) corre o risco de ficar sem diretoria a partir de agosto de 2020, quando terminará o mandato do atual presidente, Carlos Breula.

Desde a sua fundação, a ADEJU sempre desenvolveu importante papel social em Juara fazendo a doação e empréstimo de cadeiras de rodas entre outras ações, contando com os poucos recursos arrecadados na época oriundos de festinhas comunitárias e promoções.

Em alguns anos, a entidade contava com apoio financeiro do Executivo Municipal através de repasse mensal, o que ajudava a custear as despesas e manutenção da mesma, porém, nos últimos anos não pode mais realizar eventos e também perdeu o repasse de apoio financeiro do Executivo Municipal.

Com isso, a entidade que agora não pode realizar eventos por motivos da pandemia do Coronavirus (Covid 19), embora tenha feito um investimento na construção de novos banheiros masculino e feminino, nada mais pode fazer.

Sem recursos financeiros para tantos, o atual presidente, Carlos Breula disse que apenas vai esperar concluir seu mandato em agosto e deixar a diretoria da ADEJU a quem interessar, pois o caixa se encontra zerado, e as pequenas despesas com água, energia elétrica e internet estão sendo pagos através de rateio entre ele e uns integrantes da diretoria.

Caso, os próximos gestores municipais fizeram parceria com a entidade, ainda existe uma mera possibilidade de retornar a diretoria para contribuir, o que ainda é considerado como incerteza, afirmou o presidente Carlos.

Ele informou ainda que não há nenhuma colaboração por parte dos associados que desde sua fundação sempre foi minoria e mal dava para cobrir pequenos gastos, então sua continuidade fica inviável diante de toda essa catástrofe.

Ouça na íntegra a entrevista do Carlos Breula:

 

Fonte: radiotucunare

Com muito ❤ por go7.site