Aguirre estreia no Internacional com vitória sobre a Chapecoense

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Em sua estreia pelo Internacional, Diego Aguirre conseguiu uma vitória brigada por 2 a 1 contra a Chapecoense, na Arena Condá. Mesmo dominando o primeiro tempo, o time gaúcho deu espaços e sofreu com lances perigosos dos donos da casa na segunda etapa.

O resultado leva o Internacional a oito pontos na competição, ocupando a 12ª colocação. A Chapecoense segue com apenas três pontos, em 18º lugar.

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão neste domingo. Às 20 horas (de Brasília), a Chapecoense visita o Athletico-PR na Arena da Baixada. O Internacional também joga fora de casa, contra o América-MG no Independência, às 20h30.

O jogo – Logo aos cinco minutos do primeiro tempo, Yuri Alberto e Maurício criaram uma boa jogada e serviram a bola para Caio Vidal, que colocou no fundo das redes da Chapecoense. Com uma formação diferente das anteriores, os colorados seguiram dominando as ações e jogando no campo de ataque.

A Chapecoense não conseguiu se movimentar com eficiência e ficou presa na forte marcação gaúcha, sem muitas chances claras de ameaçar o gol de Daniel. Quando o jogo estava ficando mais calmo para os donos da casa, um erro na saída de bola resultou no ataque rápido e o segundo gol do Internacional, dessa vez com Yuri Alberto, aos 34 minutos.

Precisando do resultado para sair da zona de rebaixamento da competição, a Chapecoense voltou mais agressiva para o segundo tempo e conseguiu achar um gol aos 10 minutos, com um bom cabeceio de Derlan.

Após o gol dos donos da casa, o jogo ficou bastante aberto e ambos os times tiveram oportunidade de fazer gols. Maurício achou um belo chute de fora da área e carimbou o travessão da Chapecoense aos 21 minutos. Seis minutos depois, Bruno Silva cabeceou com perigo ao gol do Internacional.

Frustrado com mais uma derrota de sua equipe, Bruno Silva se meteu em confusão com jogadores do Internacional e foi expulso. Além dele, Danilo Fernandes e Caio Vidal também receberam o cartão vermelho por participar da briga.

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Ricardo Duarte/assessoria)

Com muito ❤ por go7.site