Angus divulga nova lista de reprodutores melhoradores para produção de carne

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A chancela, lançada em novembro de 2020, reconhece exemplares Angus superiores em dados de carcaça. Ao todo, 22.200 reprodutores passaram pela avaliação da Angus. No ano passado, 1.089 animais foram condecorados com o selo. Ou seja, hoje, a Angus soma 2.548 reprodutores que se destacam na produção de carne de qualidade com o crivo.

Para o médico veterinário e gerente de Fomento da Associação, Mateus Pivato, o Selo Seleção reforça a importância de selecionar o rebanho para características de carcaça. “Ao avaliarem seus animais através da ultrassonografia de carcaça, os criadores terão em mãos dados que lhes auxiliarão na produção de carne de qualidade. E com o selo, a garantia de que esses possuem genética de ponta para transmitir para as próximas gerações”, destacou. Segundo Pivato, a expectativa é que o número de animais com o crivo venha a crescer, tendo em vista o potencial genético dos exemplares Angus brasileiros.

O Selo Seleção considera reprodutores que estão entre os 20% melhores para Índice Bioeconômico de Carcaça (IBC) e para Percentagem de Gordura Intramuscular (marmoreio), além de terem DEPs positivas para Área de Olho de Lombo (AOL), Espessura de Gordura Subcutânea (EGS) e Espessura de Gordura na Picanha (EGP8). Para participar, os criadores precisam avaliar seus animais no Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo) e fazerem avaliação dos exemplares por ultrassom de carcaça.

As listas de animais com o Selo Seleção Qualidade de Carne podem ser conferidas no site da Associação Brasileira de Angus (https://angus.org.br/selo-selecao-qualidade-da-carne/).

Fonte: Jardine Comunicação

Com muito ❤ por go7.site