Arrecadação de Mato Grosso cresce quase 20% nos primeiros quatro meses deste ano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O secretário estadual de Fazenda, Rogério Gallo, apresentou nesta terça-feira à Assembleia Legislativa, o relatório sobre as metas fiscais do 1º quadrimestre deste ano.

A apresentação aconteceu durante audiência pública na Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária do Poder Legislativo.

No primeiro quadrimestre deste ano, a receita tributária cresceu 19,1%, comparada ao mesmo período de 2019.

O ICMS, principal tributo arrecadado pelo Estado, teve um crescimento nominal de 16,2%, chegando a três bilhões e 800 milhões de reais.

De acordo com o relatório apresentado, a receita total no primeiro quadrimestre de 2020 foi de seis bilhões e 800 milhões de reais, já a despesa total liquidada chegou a cinco bilhões e 100 milhões de reais. O resultado foi um superávit na ordem de um bilhão e 600 milhões de reais.

Logo na abertura, o secretário de Fazenda fez questão de mostrar um gráfico apontando que pela primeira vez em 10 anos, o Estado fechou suas contas com superávit.

Rogério Gallo atribuiu o desempenho positivo às políticas públicas implantadas pelo governador Mauro Mendes e sua equipe já no primeiro ano de gestão.

“O Estado teve uma boa performance na receita. Arrecadou mais que gastou nesse período. E nós tivemos condições de fazermos o enfrentamento da pandemia naquele início, quando não se tinha qualquer auxílio financeiro federal, fazendo por exemplo, a obra do Hospital Metropolitano com recursos próprios, em função dessa disciplina fiscal de gastar menos do que se arrecada”, explicou Rogério Gallo.

Fonte: sapicua

Com muito ❤ por go7.site