Avicultura e coccidiose: como manter a sanidade de seu plantel

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Zoetis

“Na avicultura, não existe produção de frango de corte livre de protocolo contra a coccidiose. Esta doença isolada, sem dúvida, é a que causa maior impacto negativo atualmente”, diz Eduardo Muniz, Gerente Técnico de Aves da Zoetis.

A coccidiose é causada principalmente por três espécies de protozoários Eimerias (E. tenella, E. maxima e E. acervulina). “As eimerias se instalam no intestino da ave, causando lesões podem levar à perda de peso, piora da conversão alimentar e até mesmo à morte do animal”, explica o médico-veterinário Antonio Kraieski, assistente técnico de aves da Zoetis.

Para o controle da doença, a Zoetis possui em seu portfólio DECCOX, um anticoccidiano sintético eficaz contra ascoccídeas mais prevalentes na granja “O Deccox é ideal para aves até 21 dias de idade e permite o desenvolvimento de imunidade ativa para o combate e a prevenção das eimerias”, diz Kraieski.

Já para o período de crescimento das aves, a empresa recomenda o uso de AVATEC, único ionóforo bivalente do mercado que, através de um mecanismo de ação específico provoca o desequilíbrio osmótico das eimerias, resultando no controle efetivo da coccidiose no campo.

Programa ROTECC 

Baseada em análises de pesquisa e testes de campo que levam em conta a sensibilidade dos anticoccidianos frente aos desafios peresentes, a Zoetis oferece aos produtores o Programa Rotecc, cujo objetivo é acompanhar o produtor em seus desafios cotidianos e prover soluções capazes de tornar sua atividade o mais rentável possível. “Nossa equipe técnica analisa as condições de sanidade das aves, considerando também condições de manejo, programa nutricional e outros fatores para ajudar na definição de quais os anticoccidianos mais adequados e em que momento devem ser aplicados. Nossa recomendação é que sempre haja um rodízio destes medicamentos e que eles sejam sempre usados de forma responsável, ética e racional”, diz Eduardo Muniz.

“Nosso foco é ajudar o cliente, tendo como prioridade a saúde e o bem-estar animal. Por isso, esse serviço de consultoria tem sido cada vez mais requisitado”, finaliza Kraieski.

Fonte: Zoetis

Com muito ❤ por go7.site