Bons preços e demanda inspiram investimentos nas raças Hereford e Braford

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O ano de 2020 para a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) foi marcado pela incerteza inicial mas com resultados alentadores a partir da comercialização, especialmente na Temporada de Primavera. Mesmo com o cancelamento de eventos presenciais, como a Nacional do Hereford e Braford, que ocorreria em Uruguaiana (RS), a entidade continuou seu trabalho de fomento por meio de transmissões virtuais, assim como também foram adaptados os remates que mantiveram o mercado aquecido.

De acordo com o presidente da ABHB, Luciano Dornelles, já nos remates de outono houve uma readequação no formato de vendas para virtual, e o bom andamento deu novo ânimo aos criadores. “O que nos dava otimismo era que os remates estavam em franca ascensão, com produtores comprando e investindo. E a primavera veio com toda a força com preços recordes, com compradores de todo o Brasil investindo em genética”, destaca, confirmando os números que aumentaram substancialmente em média em todas as categorias comercializadas.

Para Dornelles, esta alta também se deve ao trabalho já realizado pela associação de expansão e solidificação das raças Hereford e Braford pelo Brasil, com a formação de parcerias, participação em eventos e outras ações que ocorreram antes da pandemia. “Fizemos parcerias importantes que ajudam bastante os criadores do Centro e do Norte do Brasil. Este ano nomeamos um gerente de Fomento que tem viajado o país criando parcerias e fomentando as raças. Isso é reflexo de anos de trabalho e da certeza da garantia das informações que estamos passando”, observa, acrescentando também as parcerias com entidades como a Embrapa e o NESPro, por exemplo, que fornecem informações confiáveis e de credibilidade aos produtores.

Sobre o programa de carne, o Carne Pampa, o presidente da ABHB salienta que cada vez mais, por meio dos parceiros da indústria frigorífica, ele vem ganhando consistência, com os produtores sendo bem remunerados. Com isso os criadores investem em genética e qualidade. “Estamos agradando o consumidor e esse é o objetivo final. É o consumidor enxergar o pacote da carne, sua origem, qualidade, garantia, apresentação. É saborear a qualidade e suculência do produto. Esse é um trabalho que começa pela genética, pelas avaliações e temos crescido muito com o interesse pela nossa carne e abrindo postos pelo Brasil”, ressalta.

Para 2021, Dornelles informa que a associação está focada em manutenção e criação de programas e projetos, alguns em andamento e outros para acontecer. Sobre o mercado, o dirigente avalia que os preços têm estimulado os criadores a investir em genética Hereford e Braford. “Sem dúvida estamos com bastante procura de pessoas querendo conhecer as nossas raças. A pecuária está em alta, a tendência é que siga a procura por genética, matrizes e sêmen”, complementa.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB)

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️