Buscando equilíbrio, preço doméstico do arroz tem perdas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Na média do Rio Grande do Sul, principal referencial nacional, a saca de cereal em casca encerrou o dia 9 cotada a R$ 75,51, queda de 1,24% em relação a semana passada, 2,37% mais baixo frente ao mesmo período do mês anterior e 28,36% inferior quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Gabriel Viana, o mercado doméstico de arroz permanece muito travado em termos de negociações. “Indústrias beneficiadoras mantiveram a postura defensiva, já abastecidas para o mês de setembro”, explica.

Desta forma, temos a exportação dando suporte para que os preços não contem com maiores recuos. “Os preços buscam o equilíbrio com a paridade de exportação nestas últimas semanas”, frisa. “Por outro lado, temos um cenário de menor oferta na próxima safra, com expectativa de menor área e produtividade bem abaixo da safra atual”, pondera.

Segundo a Emater, a estimativa para a cultura do arroz no Rio Grande do Sul é de redução da área em -0,49%, produção em -8,61% e produtividade em -8,16%. São esperados 943,8 mil hectares, produção de 7,54 milhões de toneladas e produtividade de 7,9 ton/ha, comparado à colheita do ano passado (948,5 mil hectares, 8,25 milhões de toneladas e 8,7 ton/ha).

Fonte: Agência SAFRAS

Com muito ❤ por go7.site