Casal que teve residencia alugada queimada recebe amparos para se recuperar do trauma

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Na tarde desta sexta feira, dia 25 de junho de 2021, uma casa de madeira, localizada na Rua Belo Horizonte esquina com a Rua Nelson Taborda Lacerda foi consumida pelo fogo.

O fato foi registrado em horário aproximado das 16:00h.

As causas do incêndio ainda são incertas, e de acordo com a senhora Neide que mudou recentemente em uma casa ao lado, os funcionário de uma empresa de internet estava fazendo instalação em sua casa, quando perceberam que a casa ao lado começou a pegar fogo.

Neide disse que na tentativa de tirar os pertences da casa, contou com ajuda de um dos funcionários da empresa e de outra pessoa que passava pelo local. Eles conseguiram quebrar o vidro do carro e tirar da área da casa que estava pegando fogo, bem como retiraram uma mesa com flores, jogo de cadeiras e uma máquina de lavar roupa.

A casa era alugada e pertence ao professor Cláudio. Na residência incendiada morava apenas um casal, onde trabalha na Igreja Assembleia de Deus Madureira seu esposo, Adriel Ramos trabalha na empresa Scheffer, e ambos estavam em seus respectivos trabalhos no momento da tragédia.

De imediato, o pastor Eudes Nascimento Barbosa foi até o local com seus filhos e outros irmãos da igreja para prestar solidariedade a mulher moradora da casa.

O caminhão pipa equipado com funcionários da prefeitura de Juara esteve no local para apagar o incêndio e a Polícia Militar prestou apoio fazendo isolamento das transversais das ruas que passam pelo local e controlando o transito. Os secretários de cidades, Salvador Pizzolio e de Turismo, João do Hospital.

Uma casa ao lado onde mora, Paulo Juraci de Assis quase foi atingida pelo fogo, porém, o caminhão pipa da empresa Rental evitou que fogo atingisse a casa de Paulo.

A presidente da Associação dos Amigos Moradores de Rua (AAMOR), dona Nadir de Carvalho Francisco esteve no local e ofereceu a Casa de Amparo João Paulo II para que o casal possa se abrigar até que eles se restabeleçam.

Veja abaixo os vídeos dessa tragédia:

Com muito ❤ por go7.site