Celebração de missas da Semana Santa em Juara será em 03 locais no mesmo horário

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Foto: Kléber A. Gonçalves

O último domingo, dia 28 de março marcou o início da Semana Santa, uma tradição da Igreja Católica que celebra a morte a ressurreição de Jesus Cristo.

Na próxima sexta-feira, dia 02 de março será feriado Nacional e marca o dia da ‘Paixão de Cristo’.

A Semana Santa é a última da Quaresma, período iniciado na quarta-feira de Cinzas, último dia do Carnaval.

Em Juara, a igreja católica de Juara realizará a celebração das missas da Semana Santa de forma diferenciada por motivos de prevenção contra o vírus Covid-19.

Conforme disse o Padre Vagno Aparecido Reato em áudio enviado a Rádio Tucunaré.

Esse é a semana em que católicos se dedicam à penitência em preparação para a Páscoa.

Segundo a Confederação Nacional de Bispos do Brasil (CNBB), a tradição de celebrar a Semana Santa já ocorria na Alexandria, no século III. Em cada dia, ocorridos da vida de Jesus Cristo da morte à ressurreição são celebrados.

O Padre Vagno Aparecido Reato, pároco da Paroquia São José de Juara explica que haverá 03 celebrações na quinta-feira Santa e que todas elas ocorrerão no mesmo horário, a partir das 19:00h.

As celebrações serão:

Igreja Matriz, centro da cidade

Comunidade Santa Terezinha do Menino Jesus, no bairro Jardim América

Comunidade Nossa Senhora de Fátima do Jardim Paranaguá

Veja o que cada dia representa para a Igreja

Domingo de Ramos (dia 28)

Celebra a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém, quando o povo cortou ramos e folhas de árvores para cobrir o chão por onde ele passou. A chegada despertou desconfiança e medo de sacerdotes, que começaram uma trama para condená-lo a Morte.

SEGUNDA-FEIRA SANTA (dia 29)

Jesus chega a Betânia e faz a última visita aos amigos, anunciando que sua hora havia chegado. O Evangelho segundo São João é proclamado durante a missa.

TERÇA-FEIRA SANTA (dia 30)

Jesus anuncia sua morte e seu traidor, beijando Judas. Na missa, há leitura do canto de Javé e do Salmo 70.

QUARTA-FEIRA SANTA (dia 31)

A Igreja realiza a ‘procissão do encontro’ entre mãe e filho, quando homens saem com a imagem de Nosso Senhor dos Passos e as mulheres, com Nossa Senhora das Dores. O “Sermão das Sete Palavras” é proclamado.

QUINTA-FEIRA SANTA (dia 1º)

Dia da Última Ceia. Antes do jantar, Jesus Cristo lavou os pés dos discípulos, ensinando sobre humildade. Na ceia, Jesus partiu pão e vinho e partiu, explicando que simbolizavam seu corpo e sangue.

Ao fim do jantar, Judas saiu para entregar Jesus às autoridades. Após cantarem um hino e orarem, guardas chegaram para prender Jesus. Ele foi levado para a casa do sumo-sacerdote para ser julgado.

A missa celebra a Ceia do Senhor. Também são realizadas as cerimônias litúrgicas da bênção dos santos óleos – do Crista, dos Catecúmenos e dos enfermos – e de lava-pés.

Sexta-Feira Santa (dia 02)

Jesus Cristo morre crucificado. Ele foi interrogado, espancado e chicoteado. Guarda romanos colocaram uma coroa de espinhos em sua cabeça. Ele foi crucificado por volta de 12h, ao lado de dois ladrões. Às 15h, Cristo morreu e foi sepultado em um lugar próximo.

A Via-Sacra representa o caminho de Jesus até a crucificação e morte, com 14 estações da Via-Crucis.

Sábado Santo

A pedra que fechava o túmulo de Jesus Cristo foi lacrada e soldados romanos guardavam a entrada do local, para evitar que o corpo dele fosse roubado.

A igreja realiza a vigília pascal, junto ao sepulcro de Cristo, meditando sua morte. À noite, uma celebração de bênção do fogo acende a fogueira e as velas do Círio Pascal, que representa Cristo Ressuscitado. Em seguida, a Páscoa é proclamada.

Também há tradição da ‘queima de Judas’.

Domingo de Páscoa

Dia da ressurreição. O corpo e o espírito de Cristo foram reunificados. A pedra que cobria o túmulo foi removida e um anjo apareceu. Ao fim do dia, Jesus apareceu para todos os discípulos.

‘Páscoa’ significa a passagem da escravidão para a liberdade. É o dia mais santo para a Igreja.

Fonte: Radiotucunare/acessenoticias/diariodonordeste.verdesmares.com.br

Com muito ❤ por go7.site