Com carreata e pauta democrática manifestantes do Vale do Arinos pediram liberdade de expressão e independência entre poderes. Veja vídeo e fotos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O dia 7 de Setembro no Vale do Arinos foi marcado pelas manifestações em favor da gestão do Governo Federal e protesto contra interferências de poderes em especial de Ministros do STF e cerceamento da liberdade de expressão entre outras reivindicações.

Na tarde do dia 07, uma carreata bastante expressiva teve início em Porto dos Gaúchos, seguindo para novo Horizonte do Norte onde recebeu bastante adeptos seguindo para a cidade de Juara, que também agregou muitos outros veículos.

Com tratores, automóveis, caminhões, bicicletas, motocicletas e também animais, os manifestantes percorreram a cidade com bandeiras e palavras de ordem através de cartazes, onde expressaram sua vontade.

Ao final da carretada, realizaram ato cívico na Praça dos Colonizadores.

O organizador do evento denominado “Movimento Liberdade e Independência dia 7 de Setembro”, Éder Boldrin disse a reportagem da Rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, que uma imagem vale mais que mil palavras e que a força do povo do Vale do Arinos mostrou o pensamento sobre o que quere para o país. Ele agradeceu a todos os participantes que aderiram.  “O evento foi organizado há cerca de 15 dias para que tudo ocorresse dentro da Ordem, um manifesto pacífico desordem”, disse.

Ouvir desfile com animais em Porto dos Gaúchos, e todos os que aderiram foi importante. A voz do povo é a voz de Deus. O STF vê que o povo não está de brincadeira e o povo quer que as coisas caminhem do jeito certo e buscando esse caminho certo estamos alinhando e estão querendo atrapalhar o presidente a governar o Brasil e esse tipo de Manifesto organizado é que podemos mostrar o apoio ao presidente, disse.

Outro organizador é o Valdemir Lima Santana disse que a expectativa foi superada nesse ato Cívico. No início tiveram dúvidas sobre o volume de adeptos, mas a população entendeu e aderiu em massa e foi muito além do que estava previsto. “Queremos ter uma nação melhor, os gestores pelos nossos legisladores e principalmente pelos nossos julgadores. Alguns julgadores estão se achando acima da Lei“, disse.

Todo ato democrático é válido e não existe ato democrático pedindo o mal, que não seja para o bem. Quem diz que são atos antidemocráticos, mas quem fala dessa forma, são na verdade, antidemocráticos, explicou.

O prefeito de Porto dos Gaúchos Vanderlei de Abreu, acompanhou a carreata e citou que estamos a 199 anos da Independência do Brasil e que essa Independência, estamos clamando por liberdade de expressão, pois o judiciário interferindo no executivo e atrapalhando o bom andamento do país, e isso não é bom para democracia, citou. “Tem Ministro se achando donos do poder e estamos dando o recado em cada cidade do Brasil e também lá em Brasília. A vontade do povo precisa ser respeitada… e nós no Vale do Arinos temos as mesmas condições, disse.

De acordo com suas informações do prefeito Vanderlei, a carreata continha mais de  800 Veículos.

 

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site