Com vitória sobre o Palmeiras, Cuiabá aumenta para 39% desempenho no Brasileiro da Série A

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A histórica vitória do Cuiabá, ontem, no Palmeiras, por 2 a 0, na capital paulista, fez com que o desempenho do time mato-grossense no Campeonato Brasileiro da Série A aumentasse para 39,2%. São 20 pontos em 17 partidas com 4 vitórias, 8 empates e 5 derrotas. Marcou 17 gols, levou 18 e tem saldo de -1.

O desempenho, em 17 rodadas, é superior ao do Fluminense que tem 37,8%, Bahia, 35,3%, Grêmio com 33,3%, Sport 29,4% e América (MG) com 31,3%.

A vitória proporcionou ao Cuiabá subir 2 posições na tabela de classificação e ocupa a 14ª colocação, com 20 pontos – Juventude tem 20 e é 13º e colado no São Paulo que é 12º com 21 pontos. O líder Atlético Mineiro tem 77% de aproveitamento.

O Dourado tem uma semana para preparação. Na segunda-feira (30), vai ao Ceará enfrentar o Fortaleza, 3º colocado com 32 pontos, a partir das 20:30h.

Classificação
1 Atlético MG 37 pontos
2 Palmeiras 32
3 Fortaleza 32
4 Flamengo 28
5 Bragantino 28
6 Corinthians 24
7 Atlético GO 24
8 Ceará 24
9 Athlético PR 23
10 Internacional 22
11 Santos 22
12 São Paulo 21
13 juventude 20
14 Cuiabá 20
15 Bahia 18
16 Fluminense 17
17 Grêmio 16
18 Sport 15
18 América MG 15
20 Chapecoense 6

Fonte: Só Notícias/Herbert de Souza (foto: assessoria)

Mais recentes

Juju Salimeni interagiu com os seguidores novamente na última quinta-feira, e através da caixinha de perguntas no Instagram, abriu o coração ao ter sido questionada sobre o fato de não querer ter filhos. Na ocasião, um internauta citou papo de maternidade, e a musa fitness justificou a decisão. “O povo adora julgar, mas não quer saber a visão de cada um. Não é uma decisão eterna, pode ser que mude algum dia. Nunca tive esse sonho. Não sinto vontade de ser responsável por outra vida”, iniciou ela, que recentemente terminou o namoro com o empresário Helisson Dias. “Tenho desejos e planos que não quero abrir mão e como mãe teria que fazê-lo. Ser mãe é um compromisso eterno que não me sinto apta a assumir. Não tem nada a ver com corpo, porque sei que sou capaz de voltar a forma totalmente. Simplesmente não tenho vontade e isso é normal”, concluiu Juju Salimeni.

Siga-nos

Com muito ❤ por go7.site