Como agregar mais valor à produção de orgânicos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A produção de alimentos orgânicos cresceu 30% no ano passado, movimentando quase R$6 bilhões, segundo a Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis). Entre janeiro de 2020 e maio de 2021, mais de 2 mil novos produtores entraram nesse mercado, contabilizando cerca de 25 mil produtores cadastrados no Ministério da Agricultura. Diante do potencial de crescimento desse mercado, nesta semana, o episódio 37 do podcast “Que negócio é esse, Sebrae?”  mostra sobre as oportunidades deste segmento e como agregar valor à produção de orgânicos.

Engana-se quem pensa que os produtos orgânicos se limitam aos alimentos in natura, como hortaliças, frutas e verduras. Para atender os novos hábitos e exigências dos consumidores, esse mercado tem se reinventado e lançado novos produtos que vão de cosméticos e tecidos a itens de limpeza.

E para falar mais sobre a experiência de empreender nesse segmento, o “Que negócio é esse, Sebrae?” convidou Guilherme Maciel, fundador da Orgânico do Chico, uma das maiores empresas de delivery de Minas Gerais.

Durante o bate-papo, o empresário mineiro conta o que ele e o seu pai ‘Chico’ fizeram ao identificar uma demanda e transformá-la em uma oportunidade de negócio que impulsiona as vendas de pequenos produtores de orgânicos e, ao mesmo tempo, leva alimento fresco e saudável à mesa de muitos mineiros.

Também participa da conversa a analista do Sebrae Minas, Laurana Viana que fala sobre produtos mais comercializados, a importância da certificação, como precificar, canais de vendas, exportação e dicas para valorizar a produção.

2º temporada 

O mercado de orgânicos é um dos setores, segmentos e nichos que são temas da 2º temporada do podcast do Sebrae Minas. Com novo formato, que une experiência e conhecimento, os episódios trazem sempre a visão de um empresário mineiro e as dicas de um analista do Sebrae Minas. Tudo na dose certa para quem quer saber como enfrentar as dificuldades, aproveitar as oportunidades e se adaptar às mudanças do mercado.

Já estão no ar os episódios sobre negócios da beleza, alimentação fora do lar, pet, construção civil, comércio varejista, turismo, economia criativa, artesanato, games startup, saúde e bem-estar, agronegócio e automotivo. Para ouvir, acesse o canal do podcast “Que negócio é esse, Sebrae?” e siga na sua plataforma de áudio favorita: Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, ou Youtube do Sebrae Minas .

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae Minas

Mais recentes

Juju Salimeni interagiu com os seguidores novamente na última quinta-feira, e através da caixinha de perguntas no Instagram, abriu o coração ao ter sido questionada sobre o fato de não querer ter filhos. Na ocasião, um internauta citou papo de maternidade, e a musa fitness justificou a decisão. “O povo adora julgar, mas não quer saber a visão de cada um. Não é uma decisão eterna, pode ser que mude algum dia. Nunca tive esse sonho. Não sinto vontade de ser responsável por outra vida”, iniciou ela, que recentemente terminou o namoro com o empresário Helisson Dias. “Tenho desejos e planos que não quero abrir mão e como mãe teria que fazê-lo. Ser mãe é um compromisso eterno que não me sinto apta a assumir. Não tem nada a ver com corpo, porque sei que sou capaz de voltar a forma totalmente. Simplesmente não tenho vontade e isso é normal”, concluiu Juju Salimeni.

Siga-nos

Com muito ❤ por go7.site