Corpo de menino foi encontrado. Corpo de bombeiros apresenta nova versão para acidente no Rio Arinos em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O afogamento de bisavô e bisneto em Juara ocorrido no dia 09, no Rio Arinos, pela manhã , nas proximidades da Ilha do Netinho, local de recreação, mobilizou corpo de bombeiros de Juína e vários voluntariosos, que iniciaram as buscas das vítimas.

O corpo de José Carlos de Souza, conhecido como “Zé do Avião”, de 65 anos foi localizado no dia 10, pouco mais de 24 horas após o acidente e o corpo do garotinho, na manhã desse dia 11, próximo do local do acidente.

O local possui cerca de 30 m de profundidade e com corredeiras muito fortes .

Ambas vítimas não estavam com coletes de salva vidas e isso determinou o desaparecimento das vítimas nas águas profundas do Rio Arinos, avaliou os salva vidas.

O Sargento do Corpo de Bombeiros Tivirole, em entrevista a Rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, explicou que não existe testemunha do acidente, mas a versão mais provável é que por algum motivo, o menino caiu no rio e o avô teria pulado atrás para tentar salvá-lo.

A versão de que o barco teria batido numa pedra está descartada, pois um dos proprietários de uma das ilhas locais, ouviu o som do motor e observou que estava preso nas pedras sozinho e o barco ficou rodando, porque estava vazio. A queda das duas ítimas ocorreu cerca de 50 a 100 m acima e em seguida, a embarcação ficou desgovernada e enroscou nas pedras.

Ouça com detalhes a entrevista com o Sargento do Corpo de Bombeiros Tivirole:

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️