Covid-19: Anvisa discute fornecimento de anestésicos para internados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O desabastecimento de anestésicos e de outros medicamentos utilizados para intubação de pacientes com covid-19 foi tema de reunião, nesta quinta-feira (18), entre representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de entidades que representam o setor de hospitais privados e da Associação Médica Brasileira (AMB).

De acordo com as entidades, há um déficit importante no estoque destes medicamentos em todo país. Para reverter este cenário, a Anvisa tem adotado medidas de flexibilização para que esses insumos sejam disponibilizados aos serviços, sem prejuízo de sua eficácia, qualidade e segurança.

A agência reguladora informou ainda que disponibiliza um painel com informações sobre a fabricação, importação e distribuição de anestésicos, sedativos, bloqueadores neuromusculares e agentes adjuvantes, entre outros medicamentos, empregados para a manutenção da vida de pacientes infectados pelo SARS-CoV-2.

Fonte: Agencia Brasil