Crianças da Creche Madre Paulina receberam ação da equipe de saúde de Juara. Confira fotos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A Creche Madre Paulina de Juara recebeu, na tarde desse dia 16, a visita da equipe de saúde do PSF do Bairro Jardim Califórnia e da equipe da Vigilância Ambiental.

A diretora da creche Madre Paulina professora Vanice Datch, disse a reportagem da Rádio Tucunaré site Acesse Notícias, essas parceria é importante para as crianças, pois acontece a pesagem e o médico da unidade avaliou as crianças e a dentista ensinou a escovação correta dos dentes além de orientar sobre a conscientização para os bons hábitos de higiene.

A equipe de Vigilância Ambiental está fazendo a conscientização das crianças sobre os perigos da existência do mosquito transmissor da dengue e a importância das Crianças ajudarem a cuidar de suas casas.

Essa aprendizagem na escola junto com a vigilância ambiental, vai ser transmitido aos pais que estão em casa, concluiu.

Luciana Bevilácqua Barros, enfermeira do PSF do Jardim Califórnia , explicou que o acompanhamento das crianças da creche teve pesagem, conferência da situação vacinal onde o médico avaliou o crescimento e desenvolvimento das crianças.

A importância desse acompanhamento é para detectar possíveis problemas com o baixo peso, sobrepeso e o desenvolvimento de acordo com a idade, explicou a enfermeira.

Com a pandemia esse trabalho ficou suspenso mas agora que essa situação melhorou, a secretaria de saúde Está promovendo novamente essa conferência.

A bióloga da Vigilância Ambiental Arlete Ramos, esteve presente da creche Madre Paulina e relatou que essa parceria com equipe de PSF tem a intenção de ensinar as crianças a receberem orientações para evitar a proliferação do mosquito Aedes Egypti.

Um teatro foi realizado demonstrando as crianças de forma didática, como o mosquito se comporta. “A ideia é sensibilizar as crianças para que levem para suas casas esses ensinamentos de prevenção ao mosquito”, disse.

Arlete conta que após as ações como o arrastão, os índices tiveram uma queda, saindo do nível de alerta e novamente será feito um novo levantamento para comunicar o Ministério da Saúde sobre os níveis de infestação desse mosquito.

O nível de pacientes positivados com dengue no ano de 2022 cresceu muito em relação ao ano anterior e por isso, mais de 200 casos já foram notificados e por isso, o estado de alerta continua, apesar da entrada da seca, alerta a bióloga.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.