Cuiabá joga bem, mas peca na conclusão e só empata com o Sport no Brasileirão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O Cuiabá fez boa partida diante do Sport (PE) pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, na Ilha do Retiro, mas ficou só no empate, em 0 a 0. O Dourado conseguiu dominar as ações do jogo, principalmente no primeiro tempo, com boas trocas de passe, triangulações, mas pecava na conclusão. Já o Leão, sofreu com erros individuais, porém melhorou nos 45 minutos finais e equilibrou o duelo, sem levar tanto perigo, no entanto.

Pelo lado do Cuiabá, um dos maiores destaques foi Clayson. O atacante deu mobilidade ao time, criou jogadas com passes e finalizações importantes. Elton e Pepê também fizeram boa partida, com chances de decidir o placar. Já no time pernambucano, o nome do duelo foi do goleiro Maílson, que fez grandes defesas, segurando o empate.

O empate, no fim das contas, não foi interessante para nenhum dos times, que permanecem na parte de baixo da tabela. O Cuiabá está em 16º (uma posição antes da zona de rebaixamento), com 4 pontos, mas ainda com dois jogos a menos, devido a utilização da Arena Pantanal na Copa América. Já o Leão, ficou em 15º, com 5 pontos conquistados até aqui.

O jogo – os primeiros 45 minutos começaram movimentados e logo no primeiro minuto o árbitro de vídeo precisou ser acionado. André chutou a bola na área e bateu no braço de Rafael Gava. Os jogadores do Sport pediram pênalti, mas o VAR não interpretou assim e o jogo seguiu.

Aos 4, Júnior Tavares arriscou contra o gol cuiabano. Ele bateu falta direto para o gol, mas Walter ficou fácil com a bola. No lance seguinte, o Dourado tentou responder com contra-ataque rápido. Clayson recebeu lançamento, invadiu a área e na hora de bater foi travado por um carrinho na medida de Rafael Thyere.

Aos 9, o Sport deu bobeira e o Cuiabá quase marcou. A defesa errou na saída de bola, e sobrou no peito de Clayson. Ele ajeitou para o centroavante Elton, que emendou de esquerda para boa defesa do goleiro Maílson.

O Sport parecia nervoso e aos 11 outra nova chance do Dourado em erro na saída. Clayson ficou com ela, foi para cima, passou por dois marcados e bateu de esquerda. A bola tinha endereço, mas Sabino deu um carrinho dentro da pequena área, desviou e foi para linha de fundo.

Na cobrança o Cuiabá continuou dando pressão e buscando dominar as ações do confronto. Pepê bateu escanteio muito fechado, com efeito, mas Maílson estava esperto e fez boa defesa, evitando um golaço olímpico na Ilha do Retiro. Aos 19, Maílson salvou o Sport. Em cobrança de falta, Clayson acertou bela batida, com força, e ia fazendo um golaço para o Cuiabá. O goleiro, no entanto, estava bem posicionado e saltou para fazer grande defesa, mandando pela linha de fundo.

Aos 20, outra chance do Dourado. Em boa jogada pelo meio, Elton arriscou de esquerda, a bola desviou na defesa do Leão e sobrou para Jonathan Cafú. Ele ajeitou para a direita e bateu forte para outra defesa de Maílson, mas em posição irregular e o impedimento foi marcado.

O Sport conseguiu chegar, aos 25, com cruzamento de Sabino na área, mas Marllon afastou o perigo. Na marca dos 27, João Lucas bateu, mas Maílson espalma. No lance seguinte, outra chance do Dourado. Pela esquerda, Clayson ajeitou e cruzou na área, com efeito. Jonathan Cafú ia saindo livre na segunda trave, mas chegou atrasado e não finalizou.

Aos 31, a bola foi lançada na área do Cuiabá. A defesa subiu, afastou, mas caiu nos pés de André. O centroavante emendou de esquerda, a bola espirrou nos zagueiros novamente e ficou fácil para o goleiro Walter. Aos 40, chance do Cuiabá. Clayson encontrou Pepê na entrada da área. Ele ajeitou para a direita e tentou chapar no ângulo, mas a bola subiu e saiu por cima da meta do time pernambucano.

Aos 3, Júnior Tavares cruzou a bola na área e Marllon mandou para linha de fundo. Na cobrança, novamente a zaga cuiabana conseguiu cortar o perigo. Aos 4, outra tentativa do Sport. Everaldo recebeu e mandou na área, para novo corte de Marllon. Aos 7, o Cuiabá se lançou no ataque. Rafael Gava trocou passes com Clayson, conseguiu entrar dentro da área, mas tentou novo passe e a bola foi interceptada pela defesa.

Na marca dos 15, Clayson voltou a criar para o Dourado. Ele recebeu passe, deixou o marcador para trás e bateu. A bola desviou na defesa pernambucana e saiu pela linha de fundo, por cima do gol defendido por Maílson. Aos 16, quase uma lei do ex. Hayner, ex-Cuiabá, carregou, cortou para o meio e arriscou de perna esquerda. A bola saiu sem tanto perigo e Walter só acompanhou ela sair pela lateral da meta.

Aos 25, quase um golaço do Cuiabá. Clayson fez bom lançamento na área, Elton se preparou e mandou um vôleio. Novamente Maílson estava bem na jogada e fez outra defesa importante. Aos 28, Júnior Tavares cobrou falta na área do Cuiabá. Rafael Thyere subiu, mas não acertou o cabeceio e mandou longe do gol.

Na marca dos 45, o Cuiabá perdeu um gol praticamente feito. Lucas Hernandez fez boa jogada e cruzou para Danilo Gomes, dentro da pequena área, que bateu de primeira, mas mandou para fora, desperdiçando uma das chances mais claras do confronto.

Na próxima rodada, o Cuiabá terá vida dura. No dia 1º de julho, quinta-feira, o Dourado recebe o Flamengo, na Arena Pantanal, às 19h. Já o Sport, visita o Santos, na quarta-feira, às 19h30, na Vila Belmiro.

Fonte: ó Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria)

Com muito ❤ por go7.site