Desempenho exportador das carnes na 1ª semana de dezembro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Levando em conta a média diária embarcada há um ano, os resultados iniciais das exportações de dezembro são desalentadores para as três carnes, pois, na primeira semana do mês, com três dias úteis, o volume de carne bovina apresentou recuo anual de mais de 18%, o de carne de frango de cerca de 17,5% e o de carne suína de, aproximadamente, 7%.

Felizmente, dezembro corrente tem um dia útil a mais que dezembro de 2020. E, aceita essa vantagem, os recuos no final do mês tendem a apresentar índices menores. De 14,67% para a carne bovina, de 13,74% para a carne de frango e de 2,71% para a carne suína.

Ainda dentro desses parâmetros e observando que, na média desses três primeiros dias úteis de dezembro, o preço médio da carne bovina registrou aumento anual de 6,81%, o da carne de frango de 26,34% e somente a carne suína permaneceu com preço em retrocesso (queda anual de 4,86%), a receita cambial de dezembro tende a ficar positiva apenas para a carne de frango (+8,98%), recuando 8,86% para a carne bovina e 7,45% para a carne suína.

De toda forma é importante considerar que as atuais projeções têm como parâmetro apenas 3 dos 23 dias úteis do mês. Assim, todas essas estimativas podem sofrer total reversão.

Fonte: AviSite

Com muito ❤ por go7.site