Eleições 2020: Caso fortuito, decisões judiciais e desistência mudam cenário político no Vale do Arinos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A movimentação política no Vale do Arinos está grande em função do indeferimento de candidatos e problemas de saúde.

Em Juara, o ex-prefeito Priminho Riva teve a candidatura impugnada e o seu vice, vereador Léo boy, anunciou que assumiria a campanha tendo como candidato a vice a vereadora Ulliane Macarena, ambos da mesa diretora da Câmara de Vereadores.

No dia seguinte ao seu anúncio (20), ao se reunir com correligionários e se cientificar, que o caixa da campanha eleitoral havia quase extrapolado os limites e que teria que assumir uma dívida que não fez, anunciou a sua desistência de concorrer ao cargo de prefeito.

Em reunião com os candidatos a vereadores que apoiam a Coligação “Juara Para Todos”, segundo fontes informaram a reportagem da Rádio Tucunaré, Léo Boy, quem presidente do PL, teria dado carta branca para que os candidatos apoiassem daquele momento em diante, o candidato a Prefeito que quiserem.

Para ser candidato a vereador, Léo Boy teria que substituir algum candidato que já está em campanha, pois as vagas estão preenchidas.

Na cidade de Novo Horizonte do Norte, e atual prefeito Silvano Pereira Neves, candidato a reeleição, se encontra internado na UTI em São Paulo em estado grave com covid-19 tendo como seu opositor, apenas Agenor Evangelista da Silva Junior (DEM).

Na cidade de Porto dos Gaúchos, o candidato Revelino Trevisan teve a candidatura impugnada a pedido da Coligação da candidata a Kelly Duarte e deve ser substituído por Vanderlei e Mauro.

A menos de um mês das eleições, o Vale do Arinos vive um tumulto eleitoral diferente, porem pacifico em relação as candidaturas.

 

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️