Encerrado prazo de cadastramento de Unidade de produção de lavoura de soja em Juara e região

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Terminou no último dia 15 de fevereiro, o prazo de Cadastramento de Unidade de produção de lavoura de soja que é feito do dia 16 de setembro até  fevereiro do ano seguinte, e o produtor que não fez a declaração sofrerá penalidade administrativa de 10 UPfs por unidade de produção.

De acordo com levantamentos concluídos da regional do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) Juara fechou com um total de 45.753 mil hectares de área declarada para plantio de soja da sagra 2019/2020 e a regional que compreende os municípios de Porto dos Gaúchos, Tabaporã e Novo Horizonte do Norte fechou com um percentual de 766.364 de área a ser plantada de soja.

Esse total de 766.364 de área a ser plantada de soja está dividido em 1.059 unidades de produção, segundo explicou Kdney Flanklin, técnico do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) de Juara.

Os dados atualizados da regional constam que Juara fechou com 45.753 mil hectares de área declarada para plantio de soja e nos demais municípios, esses dados ficaram assim:

Porto dos Gaúchos com 198.885 hectares

Novo Horizonte do Norte com 3.158 hectares

Tabaporã com 163.327 hectares

Itanhangá com 182.736 hectares

Brasnorte 169.504 hectares

Para o técnico do Indea de Juara, Kdney Flanklin, o processo evolutivo de Juara e região vêm sendo gradativo a cada ano e só tende a crescer, até porque segundo dados do Instituto Mato grossense de Economia Agropecuária (Imea), Juara possui uma extensão de área produtiva estimada em 550.000 hectares para plantio.

O Município de Juara possui atualmente uma área de 2.264.000 mil hectares de terras, sendo desses 655.000 mil de área aberta com destinação de 550.000 com aptidão para agricultura.

Fonte: Acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️