Escassa, apenas uma pessoa exerce a profissão de sapateiro em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A história conta que a profissão de sapateiro surgiu na Inglaterra em 1.305, quando o Rei Eduardo I decretou que a medida de uma polegada deveria equivaler a três grãos secos de cevada, estabelecendo uma medida padrão para a fabricação de calçados. A partir disso, os sapateiros passaram a fabricar calçados seguindo essa forma de medida.

Atualmente, devido as modernizações que vivemos a cada ano, a profissão de sapateiro está cada vez mais escassas, e em Juara apenas uma pessoa ainda exerce a profissão de sapateiro. A reportagem da rádio Tucunaré conversou com o senhor Antônio Leite, conhecido por Tonho Sapateiro que disse ser apaixonado pela profissão.

Tonho chegou em Juara na década de 1.980 e permanece até hoje exercendo a mesma profissão, que segundo ele iniciou quando era ainda criança, e vem originário de alguns de seus familiares, como é o caso de seus dois irmãos mais velhos. Um deles já parou de trabalhar e outro ainda continua exercendo a função em outra cidade.

Com relação a procura pelo serviço, Tonho sapateiro explica que tem bastante e que atende tanto clientes da zona urbana quanto rural de Juara, e que por ser uma cidade country onde as pessoas gostam das festas de peão, os serviços nunca pararam, apesar de não ser como eram antigamente.

Quanto os materiais para trabalhar, Tonho sapateiro disse que compra tudo em Cuiabá, porque aqui na região não encontra para comprar.

O filho caçula Antônio foi o único herdeiro que segue a profissão ajudando o pai em seus afazeres. O profissional disse que enquanto tiver saúde vai continuar trabalhando na profissão que tanto gosta.

Ouça a entrevista de Antônio Leite (Tonho sapateiro):

 

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️