Governo ajudará a achar solução para perdas com geada em cafezais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse hoje (23) que será definida uma solução para os prejuízos causados a cafeicultores em decorrência das geadas em Minas Gerais, situação agravada por ocorrer logo após período de seca. Estado registrou a maior geada dos últimos 20 anos.

Ao discursar na manhã de hoje (23), em Alfenas, no sudoeste de Minas Gerais, Tereza Cristina, disse que a solução será definida em conjunto com os governos federal e de Minas Gerais, cooperativas e prefeitos.

“Solução existe. Contem conosco, pois juntos vamos achar uma maneira para sair desta situação de cafezais praticamente dizimados no estado de Minas Gerais”, afirmou, em transmissão ao vivo do Sindicato Rural de Alfenas.

A ministra pediu que os produtores forneçam dados detalhados sobre as perdas. “O levantamento que será feito pelas equipes técnicas do estado, pela nossa equipe da Conab [Companhia Nacional de Abastecimento] será fundamental para se construir uma política para a região. Pedimos para os produtores que eles nos forneçam os dados corretamente, fotografem as suas lavouras neste momento e que todo mundo fique tranquilo porque juntos vamos achar um caminho para sair dessa situação de perdas que a geada nos trouxe”, disse.

Teresa Cristina desembarcou no Aeroporto de Varginha, na manhã de hoje (23), de onde seguiu de carro para a cidade de Alfenas. O primeiro compromisso foi na Fazenda Primavera, com o objetivo de verificar a situação dos danos causadas à lavoura de café pelas fortes geadas em Minas Gerais, ocorridas principalmente na madrugada de terça-feira (20). Em seguida, participou da reunião sobre os prejuízos causados a cafeicultores.

Fonte: Agência Brasil

Com muito ❤ por go7.site