Médico de Juara fala sobre as reais consequências da Tuberculose e como fazer o tratamento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Nesta quarta-feira, dia 24 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) propõe o Dia Mundial da Tuberculose (TB), doença que ainda é considerada uma emergência global pelas instituições de saúde.

A data é uma lembrança ao dia da descoberta da bactéria Mycobacterium tuberculosis, descrita por Robert Koch pela primeira vez em 1822. Quase duzentos anos depois, a infecção ainda atinge cerca de 10,4 milhões de pessoas por ano e, segundo dados estatísticos, quase 490 mil têm tuberculose multirresistente aos medicamentos.

A doença tem profundas raízes sociais e 80% dos casos estão concentrados em 22 países, conforme dados reais.

O tema da campanha em março de 2021 é “o Tempo está Passando”, pedindo mais comprometimento dos líderes governamentais e iniciativa privada com ações de prevenção, diagnóstico, tratamento e incentivo à pesquisa para erradicar a TB até 2030.

O medico de Juara, Dr. Haroldo Hatanaka explica que Tuberculose é uma doença bacteriana infecciosa que afeta principalmente os pulmões e pode ser grave sem não cuidada a tempo.

As bactérias que causam a tuberculose são espalhadas quando uma pessoa infectada tosse ou espirra, no entanto, ela é considera uma doença transmissível.

A maioria das pessoas infectadas com a bactéria que causa a tuberculose não apresenta sintomas, e quando ocorrem, os sintomas geralmente incluem tosse (às vezes, com sangue), perda de peso, sudorese noturna e febre.

O tratamento nem sempre é necessário para pacientes assintomáticos. Os pacientes com sintomas manifestos precisam de um longo tratamento com vários antibióticos, e isso é feito de forma gratuita em Juara, em uma sala anexa ao Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), onde os pacientes recebem todas as orientações necessárias, e se preciso, já sai com os medicamentos para tratamento.

Neste ano de 2021, devido a pandemia do novo coronavrius, não foram realizadas as campanhas rotineiras nas ruas e bairros da cidade, mas a equipe capacitada e coordenada pelo enfermeiro, Almir Rogério está realizando as ações de conscientização através de um trabalho via Live pelas redes sociais.

O enfermeiro, Almir Rogério destacou a importância dessa conscientização e frisou que foram confeccionados banner de porte médio que serão colocados em pontos estratégicos de movimentos comerciais em Juara, onde ficará pessoas capacitadas para dar orientações a população.

“O objetivo é conscientizar e orientar as pessoas sobre a forma de tratamento e as consequências que a doença pode causar”, completou Almir Rogério.

Requer um diagnóstico médico
A maioria das pessoas infectadas com a bactéria que causa a tuberculose não apresenta sintomas. Quando ocorrem, os sintomas geralmente incluem tosse (às vezes, com sangue), perda de peso, sudorese noturna e febre.

Sintomas ou condições:
à reas de dor: peito
Tosse: com sangue ou crônica
Corpo inteiro: fadiga, febre, perda de apetite, suor noturno ou suor
No peso: perda de peso ou perda de peso não intencional severa.
O tratamento é feito por meio do uso de antibióticos
O tratamento nem sempre é necessário para pacientes assintomáticos. Os pacientes com sintomas manifestos precisam de um longo tratamento com vários antibióticos.

Fonte: Acessenoticias/radiotucunare