Médicos de hospital particular em Juara enfrentam a deficiência no abastecimento de medicamentos e sedativos para pacientes entubados.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Foto: PIxabay

Com aumento de casos de coronavirus em todo país, em Juara não foi diferente e um agravante começa a ser percebido pelos hospitais que tratam pacientes com a doença: A dificuldade de repor medicamentos para o tratamento da covid-19 e também os sedativos utilizados em pacientes entubados.

O médico especialista em anestesiologia, que atua nas duas unidades, público e privado, Dr. Francisco de Assis Domingues, esclareceu a reportagem da Rádio Tucunaré e Acesse Notícias, sobre o problema que estão vivendo para conseguir ir à reposição de medicamentos no Hospital São Lucas, que atende particular e convênios.

Segundo o médico, os laboratórios não estão conseguindo fabricar os medicamentos para abastecer a rede hospitalar brasileira. Os medicamentos relacionados a hipnose, que são usados normalmente para pacientes graves e entubados estão em falta.

Não tem como atender se acabar a medicação, apesar de todo esforço da equipe de funcionários, dos médicos dos enfermeiros e dos laboratórios. Nós infelizmente, não vamos poder fazer nada, porque não tem como!”

Apesar de haver a produção ela é insuficiente para atender a demanda de pacientes que aumentou demais e não tem como entregar a contento.

Cada paciente entubado usa-se em média por dia cerca de 30 ampolas de sedativos que são imprescindíveis.

O Hospital São Lucas possui um estoque para usar em até cinco dias (a contar no fechamento dessa matéria).

Não tem como atender se acabar a medicação, apesar de todo esforço da equipe de funcionários, dos médicos dos enfermeiros e dos laboratórios. Nós infelizmente, não vamos poder fazer nada, porque não tem como! Nós precisamos desse arsenal para tratar!”

A falta desses medicamentos no momento, é porque aumentou a demanda, as pessoas se descuidaram e agora todos nós sofremos as consequências, disse.

Muitas pessoas não estão respeitando o uso da máscara e demais cuidados, mas os cuidados necessários para evitar as consequências pois houve também diminuição da produção de medicamentos devido a pandemia e os laboratórios diminuíram a produção .

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Noticias