Médio Norte é a única região onde capacidade da atividade no abate de gado teve aumento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A utilização frigorífica de bovinos aumentou em apenas uma das sete macrorregiões de Mato Grosso no acumulado de janeiro e agosto, ante o mesmo período do ano passado.

O resultado de acréscimo no indicador foi observado apenas na região Médio-Norte do Estado, que registrou aumento de 5,52 pontos percentuais no comparativo anual.

A localização estratégica da região, que concentrou um grande volume de animais confinados, influenciou para esse resultado, informa o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da pecuária. Em sentido contrário, as demais macrorregiões apresentaram queda na utilização frigorífica, sendo a região noroeste a que apresentou a pior variação (-19,88 pontos percentuais ) no comparativo de janeiro a agosto ante o mesmo período de 2020.

“Esse resultado se deu por conta do menor volume de animais abatidos em 2021, que em números exibiu retração de 41,54% no mesmo período para a região, e foi influenciado pela maior retenção das fêmeas – já que o sistema de cria é o mais comum no local”, conclui.

 

Fonte: So noticias

Com muito ❤ por go7.site