Monitoramento agrícola da Conab mostra o impacto climático os cultivos de verão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

As ocorrências impactam ainda mais as que se encontram em estado reprodutivo. A análise é do Boletim de Monitoramento dos Cultivos de Verão, um estudo agrometeorológico e espectral realizado mensalmente pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Além da influência do clima na agricultura, o boletim traz também dados das precipitações, umidade de solo, temperatura e outras informações meteorológicas relacionadas ao solo e às condições do clima que influenciam nas lavouras. Nesta edição, o monitoramento traz detalhes sobre as anomalias negativas nos mapas das principais regiões produtoras de milho safrinha e evidenciam o atraso na semeadura em relação à safra passada, associado à falta de chuvas em algumas regiões.

De acordo com as análises, o Índice de Vegetação na maioria dos estados produtores brasileiros apresenta-se abaixo da média em relação à safra anterior. No entanto, no norte de Mato Grosso, principal região produtora do país, este índice está acima da média e próximo da safra anterior.

COVID-19 – Mesmo com a crise da pandemia causada pelo coronavírus, instalada no país em março, a Conab segue realizando o monitoramento agrícola nas regiões produtoras. As análises são feitas por meio de trabalho remoto, associado ao uso das imagens de satélite.

Confira aqui o Boletim de Monitoramento dos Cultivos de Verão – Abril/2020.

Fonte: Portal do agronegocio

Com muito ❤ por go7.site