Mulher quase morre após tingir as sobrancelhas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A britânica Nicola Tunstill quase perdeu a vida após se submeter a um procedimento estético nas sobrancelhas. A mulher de 34 anos teve grave reação alérgica ao tratamento e foi parar no hospital com o rosto inchado e muita dificuldade para respirar.

Antes de realizar a intervenção, focada em pigmentar e realçar o volume das sobrancelhas, ela informou aos funcionários de um salão de Newcastle, no norte da Inglaterra, que tinha alergia à parafenilenodiamina (PPD), uma substância química comumente encontrada em tinturas de cabelo.

A equipe do estabelecimento, então, garantiu a ela que o pigmento utilizado no tratamento era livre de PPD. Instantes depois, no entanto, Nicola começou a sentir suas sobrancelhas “queimarem”. Ela foi parar no hospital com dificuldade de respirar e, por pouco, não perdeu a vida.

Agora, traumatizada, ela conta sua história para incentivar mulheres a realizarem um teste de contato antes de se submeterem a qualquer procedimento estético.

“Os salões devem sempre fazer um teste de contato. Eles deveriam estar mais atentos aos perigos do PPD”, disse em entrevista ao The Sun. Nicola lembra como ficou seu rosto à época. “Eu parecia um alienígena. Minhas sobrancelhas estavam cheias de pus, e os pelos caíram. Um horror”, detalhou. O episódio aconteceu em 2019.

A britânica conseguiu uma indenização do salão no valor de 500 libras, cerca de R$ 3.700, após muita insistência. “Ninguém deveria ter de passar pelo que eu passei”, lamentou.

Após três meses, as sobrancelhas da inglesa voltaram a crescer, mas “continuam com falhas e cicatrizes”. Agora, depois de vencer a luta pela vida, ela trava uma batalha para resgatar a autoestima.

Fonte: METRÓPOLES

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️