Negligência e falta de diálogo são as principais ocorrências registradas pelo Conselho Tutelar de Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Falta de diálogo, negligência familiar, falta de atenção e deixar de incentivar os filhos para se comprometerem com os estudas são algumas das principais ocorrências atendidas pelo Conselho Tutelar de Juara.

Gessi Bruning, conselheira tutelar, ressaltou que a colaboração dos pais ou responsáveis legais pela criança ou adolescente é fundamental para o desenvolvimento dos filhos. Outro ponto abordado pela conselheira é que o diálogo e a troca de experiência entre os profissionais são fundamentais para a realização dos trabalhos de assistência.

Durante a pandemia do Covid-19 a diminuição na frequência escolar foi uma das principais ocorrências, uma vez que muitos pais e responsáveis tiveram dificuldades de incentivar os filhos a acompanharem o conteúdo escolar online.

A conselheira Gessi informou que já aconteceram situações de adolescentes fugiram de casa por falta de diálogo com os pais ou responsáveis.  “A educação do seu filho é de sua competência. O educar está no estatuto da criança e do adolescente no artigo 22 onde fala que cabe aos pais ou responsáveis legais a educação de seus filhos”, concluiu a conselheira.

 

Fonte: Redação/radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️