OAB de Juara orienta vítimas de ataque cibernético a registrarem boletim de ocorrência

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Várias pessoas relataram que foram vitimas de ataque cibernético por parte de um perfil na rede social INSTAGRAM, onde o administrador dessa página fazia postagens com nome de pessoas, inclusiva, algumas dessas postagens com fotos e todas com palavras difamatórias relatando vida pessoal dessas pessoas.

Muitos reclamações chegaram na redação de notícias da rádio Tucunaré, onde procuramos buscar as informações correta para informar a população de Juara e região sobre o fato.

Em entrevista a rádio Tucunaré a acessenoticiais, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), 20ª Subseção de Juara, Dr. Ghyslen Lehnen explica que as pessoas que se sentiram lesadas por esses ataques, que procurem a delegacia de Polícia Judiciária Civil de Juara e faça o registro de boletim de ocorrência para que possa ser representada pelo Ministério Público contra o acusado ou acusados.

A Polícia Judiciária Civil, o Mistério Público e o Poder Judiciário tem a prerrogativa para investigar e descobrir de quem seria esse perfil citado por as pessoas que sentiram prejudicadas pelas postagens feitas por ele.

Conforme informações apuradas por nossa reportagem, o perfil que tinha quase 03 mil seguidores no INSTAGRAM foi apagado, talvez devido a grande repercussão diante das denúncias.

Esse tipo de crime, segundo Dr. Ghyslen Lehnen cabe processo e até mesmo indenização, caso os fatos sejam comprovados.

Fonte: Acessenoticias/radiotucunare

Com muito ❤ por go7.site