Pandemia faz China suspender a compra de carne de dois frigoríficos de Mato Grosso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A China, origem da pandemia do novo coronavírus, suspendeu, temporariamente, a importação de carne de três frigoríficos brasileiros devido ao aumento de casos de covid-19 no Brasil, de acordo com o Mapa, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Na lista de empresas suspensas por iniciativa do governo chinês, duas são abatem bovinos em Mato Grosso.

Marfrig, de Várzea Grande, com capacidade para abater 80 cabeças por hora, e Agra Agroindustrial, com capacidade de processamento de até 40 cabeças por hora em Rondonópolis.

A China suspendeu também a autorização de exportação da Minuano em Lajeado, no Rio Grande do Sul, com capacidade de abate de três mil aves por hora de operação.

Um novo surto de covid-19 próximo a Pequim colocou a China em alerta, e suas autoridades sanitárias passaram a monitorar empresas de todo o mundo que exportam para o país.

De acordo com o Mapa, as autoridades sanitárias chinesas solicitaram informações sobre alguns estabelecimentos que exportam para o país e acabaram tendo destaque na imprensa por conta do número de casos de covid-19 entre seus trabalhadores.

O Ministério da Agricultura informou ainda que já iniciou negociações para que a suspensão de importação de carne brasileira seja revogada.

Fonte: Jurandir Antonio - Voz: Vinícius Antônio/Sapicua

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️