Prazo de levantamento de demanda para as creches e pré-escolas de Juara foi adiado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O prazo para levantamento de demanda da educação infantil nas creches e pré-escolas de Juara para o ano letivo de 2021 foi prorrogado. O prazo era até o último dia 18 de dezembro, porém como não houve uma grande procura, a nova data foi definida para o dia 6 de janeiro.

Esse levantamento de demanda é uma importante ferramenta que permite que a Secretaria Municipal de Educação obtenha os dados da real demanda do município na etapa de ensino, tendo como público-alvo crianças de 4 meses a 5 anos e 11 meses.

Ao todo serão feitas três etapas sendo a primeira o levantamento de demanda, a segunda é a confirmação da pré-matrícula (com previsão de acontecer nos dias 13, 14 e 15 de janeiro) e a terceira e última etapa é a efetivação da matrícula, com a data ainda a ser divulgada.

O site para cadastramento é aberto as 8h e pode ser acessado AQUI. Caso o responsável pelo aluno (a) não tenha acesso a internet, a Secretaria Municipal de Educação, localizada na Avenida Maranhão 250 s, telefone 3556 2763, disponibiliza o acesso a internet. Para isso, é necessário levar os documentos pessoais e da criança como: certidão de nascimento, CPF, RG, Comprovante de Residência (recente) e número do telefone pessoal do responsável pelo futuro aluno.

Em 2020, o número de pais e responsáveis que fizeram o cadastro foi menor em comparação com os dois últimos anos. Segundo informou a secretária municipal de educação Fernanda Alves, possivelmente essa queda na demanda ocorreu em virtude do momento atípico que a sociedade está vivendo por conta da pandemia do novo coronavíus.

Conforme observado por Fernanda, toda essa situação da pandemia gera insegurança nos pais e responsáveis. “Quanto a necessidade das vagas, nós acreditamos que temos uma demanda, até porque sempre é feito um levantamento de interesses e isso nos mostra que precisamos aumentar o número de oferta, assim como a gestão vem fazendo com a questão da ampliação das creches”, disse.

A secretária apontou que um segundo fator que pode ter atrapalhado é o conflito de informações onde estava tendo matrículas presenciais nas escolas públicas tanto as municipais como as estaduais e outro levantamento de demanda nas escolas estaduais.

Um vídeo explicando o passo a passo para fazer o cadastro pelo sistema pode ser assistido abaixo:

 

Fonte: Redação/radiotucunare/acessenoticias