Prefeito de Novo Horizonte do Norte perde os pais para covid-19 num intervalo de 15 dias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A família do prefeito de Novo Horizonte do Norte, Silvano Pereira Neves (MDB), tem vivido um drama com essa pandemia. Num intervalo de 15 dias, a doença fez a segunda vítima da família.

Depois de perder o pai, o ex-prefeito do município, Júnior Pereira Neves, com 75 anos de idade no dia 23 de março, desta vez é a matriarca da família Neves que foi vencida pela Covid.

Francisca Marlene de Azevedo Neves, faleceu por volta de 00h30 minutos desta quarta-feira, 07 de abril. Nascida no ano de 1951, ela que iria completar 70 anos em 12 de julho, deixa 9 filhos, 12 netos e 01 bisneto.

Entubada desde o dia 30 de março, Dona Marlene, como era popularmente conhecida, estava internada no Hospital e Maternidade São Lucas de Juara, desde o sábado, 27 de março.

Além dessa perca irreparável para Novo Horizonte do Norte, nos últimos 15 dias, mais 10 pessoas da mesma família, testaram positivo para Covid-19.

Sidnei Antônio Pereira Neves, irmão do prefeito, está internado em um Hospital público de Manaus. Ele que já foi vereador no município, deu entrada no Hospital São Lucas de Juara, praticamente no mesmo horário do sepultamento do pai.

Sidinei, foi entubado poucos dias depois e no dia 29 de março foi transferido por UTI aérea. Depois de sair do processo de entubação, ele continua internado e se recuperando.

Apenas Sidinei e uma cunhada estão com a doença. Os demais, se recuperaram e saíram do isolamento.

Com Coronavírus em 2020, Silvano Pereira Neves, ficou 74 dias internado, dos quais: 42 dias na UTI, com Traqueostomia 30 dias, entubado 25 dias e com pulmão artificial (ECMO) 08 dias. Ele se recuperou da doença.

O corpo de Francisca Marlene de Azevedo Neves, será velado a partir da 07h na Câmara Municipal de Vereadores.

O sepultamento está previsto para às 10h desta quarta-feira, no cemitério municipal.

Com a morte de sua mãe, o prefeito Silvano, decretou ponto facultativo nesta quarta-feira e luto oficial por 03 dias.

Fonte: Altair Barbosa/Assessoria de Imprensa