Quem tem direito ao Saque Aniversário do FGTS?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Você que está pensando em sacar o seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, será que vale a pena aderir à modalidade de saque aniversário do FGTS?

Pensar bem quando utilizar o seu dinheiro é super importante, ainda mais em tempos de instabilidade financeira em muitas empresas e gastos extras com a saúde.

Por isso que neste post vou te contar como funciona o saque aniversário do FGTS e tirar suas dúvidas sobre os valores e datas de saque.

E já vou dando um spoiler, vou responder uma pergunta bem comum: afinal, quem opta pelo saque aniversário, pode sacar o valor integral?

Isso e muito mais você vai descobrir agora:

Como funciona o saque aniversário do FGTS?

Antes de partir direto para a explicação do saque, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço foi criado para proteger o trabalhador que for demitido sem justa causa.

Além disso, o FGTS é direito de todo o trabalhador que está vinculado pelo regime da CLT e que teve seu contrato firmado a partir de 05/10/1988, antes desse período o fundo era facultativo, ou seja, era escolha de cada um ter ou não uma garantia.

Mas voltando no assunto saque, você não precisa esperar que a demissão aconteça para poder usufruir desse dinheiro.

Pode parecer uma explicação obvia, porém, várias pessoas deixam de sacar por entender que esse dinheiro só será “liberado” quando a demissão chegar.

Bom, agora falando mais diretamente do saque de aniversário, essa modalidade permite que o trabalhador faça um saque anual do saldo de sua conta do FGTS.

Esse saque não é obrigatório, se você não fizer a opção, permanecerá na sistemática do Saque-Rescisão, ok?

O trabalhador que quiser aderir ao saque aniversário deve fazer a solicitação através do aplicativo FGTS, no site da Caixa Econômica Federal, no Internet Banking CAIXA ou nas Agências.

E caso você não saiba, a data limite para solicitar é o último dia útil do mês do seu aniversário.

Então fique atento aos prazos do saque, certo?

Quando posso fazer o saque aniversário?

Desde o primeiro dia do mês do seu aniversário, a partir desta data os valores já ficarão disponíveis para saque até o último dia útil do segundo mês subsequente.

Por exemplo, se você faz aniversário em 27 de abril, você terá desde o dia 1º de abril até o dia 30 de junho para fazer o saque, não tem erro! hehe

Caso você não realize o saque, o valor volta automaticamente para a conta do FGTS.

Posso sacar o valor integral do FGTS?

Essa é uma dúvida bem frequente: é possível sacar integralmente o FGTS?

Bom, os valores para saque aniversário são limitados, então a resposta é não,se você optar pelo saque aniversário, não poderá fazer o saque do saldo total da sua conta do FGTS.

Mas você deve estar de perguntando: então qual é o valor que você terá direito a sacar?

Você poderá sacar um percentual do saldo do FGTS acrescido de uma parcela adicional, para te ajudar a entender melhor essa relação, confira a tabela abaixo:

Faixa de saldo (R$) Alíquota Parcela adicional (R$)
Até 500,00 50%
De 500,01 até 1.000,00 40% 50,00
De 1.000,01 até 5.000,00 30% 150,00
De 5.000,01 até 10.000,00 20% 650,00
De 10.000,01 até 15.000,00 15% 1.150,00
De 15.000,01 até 20.000,00 10% 1.900,00
Acima de 20.001,00 5% 2.900,00

E para te explicar melhor, imagine que você tem R$ 1.000,00 na sua conta do FGTS, isso significa que poderá sacar 40% deste valor, ou seja, R$ 400,00.

Essa faixa de saldo, conforme a tabela acima, tem direito a uma parcela adicional de R$ 50,00. Então, o valor que você poderá sacar será de R$ 450,00.

Agora ficou fácil de calcular não é mesmo?!

Mas será que para você, essa opção de saque é vantajosa?

É isso que você irá ver no próximo tópico, vamos lá!

Vale a pena optar pelo saque aniversário?

Fique sabendo que a opção de saque aniversário é reversível, você pode solicitar voltar para a sistemática saque-rescisão a qualquer momento.

Mas, por exemplo, se você está prestes a se aposentar e tem dívidas para quitar e o valor seria relevante para esse pagamento ou para renegociação, então me parece uma boa ideia aderir ao saque, concorda comigo?

E outro fator positivo, quando se aposentar você terá acesso ao valor integral do saldo da sua conta do FGTS, então é uma forma de você usufruir do seu dinheiro antecipadamente e se preparar para uma aposentadoria livre de dívidas!

Agora, se você não está tão perto assim da aposentadoria, uma opção seria usar o valor do saque em produtos financeiros que ofereçam uma boa rentabilidade.

Dessa forma, no caso de algum imprevisto ou, ainda, após a sua aposentadoria, você terá uma boa reserva financeira.

Nada mal né?!

Mas fique sempre atento quando o assunto é suas finanças pessoais, sobre quando e como usar o seu dinheiro.

Bom, espero que tenha ficado mais fácil tomar a decisão de aderir ou não ao saque do FGTS.

E para você continuar bem atualizado, continue acompanhando o Ingrácio aqui no blog, canal do Youtube e na nossa Newsletter!

Por: Leticia Ortiz, assistente jurídico do setor contencioso do Ingrácio Advocacia. Ela tem paixão pela escrita, adora cachorros e nunca nega um café quentinho!

Fonte: Ingrácio Advocacia

Dica Extra do Jornal ContábilVocê gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

Conheça o programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Fonte: jornalcontabil.com.br