Rodovia do Jaú está atualizada e possui 22 milhões de crédito para continuidade da obra

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Depois de alguns questionamentos sobre como estaria a atual situação da Associação Intervale denominada “Rodovia do Jaú” ligando Juara ao trevo de Tabaporã passando pelas comunidades do Jaú, Tatu e interligando outras regiões, a reportagem da rádio Tucunaré através do ‘Repórter do Povo’ procurou os responsáveis para saber como está o andamento dessa associação.

O tesoureiro da associação, pecuarista Jorge Mariano de Souza recebeu a reportagem da rádio Tucunaré em seu escritório e disse que a Associação Intervale denominada “Rodovia do Jaú” está totalmente legalizada e pronta para receber qualquer tipo de convênio com governo estadual ou federal.

Todos os compromissos no que tange as obras da rodovia foram realizados e que ainda existe um crédito no valor de R$ 22.000.000,00 (vinte e três milhões) junto a Secretaria Estadual e Infraestrutura (SFINFRA) para execução da obra dessa rodovia, onde parte dela já recebeu obra de terraplanagem e reabertura com tubulação.

“As partes laterais da rodovia estavam muito fechado e coberto por galhos de árvores, oferecendo risco a vida dos usuários, então a associação decidiu realizar o trabalho de reabertura dos pontos mais críticos da referida rodovia para mantê-la em boa trafegabilidade, usando assim parte dos recursos que foram pagos por contribuição dos produtores daquela região”, frisou o tesoureiro.

Jorge Maria explica que o projeto ambiental e o projeto de execução da obra de base foi pago com recursos doados pelos produtores beneficiários daquela região, então o governo não pode mandar parar a obra que sempre teve empenho dos produtores para o projeto de execução de obras.

O tesoureiro informou ainda que a associação naquele período percentual do convenio com o governo do Estado era de 50% e os outros 50% ficaria por conta dos produtores, mas que depois de muita luta por parte da diretoria da associação e demais produtores juntos as autoridades estaduais foi possível baixar o percentual da parte dos produtores para 05% e 95% para o governo estadual.

Com isso sobrou dinheiro em caixa da parte arredada pelos pecuaristas, e hoje a associação conta com recursos em caixa e todos os encargos pagos e ainda tem feito esse serviço de manutenção da Rodovia do Jaú com recurso dos produtores dos produtores.

O trecho a ser pavimentado é de 44 km conforme o projeto. Ela é uma rodovia de grande importância para o escoamento da produção agrícola e pecuária, por isso, a muitos interesses pela boa trafegabilidade de rodovia.

Neste ano de 2020, o governo do estado de Mato Grosso, Mauro Mendes se comprometeu em concluir a obra a partir do próximo ano de 2021, a diretoria foi totalmente reformulada com novos membros e tem como presidente, o pecuarista Etson Rosolin, e uma equipe da SINFRA esteve neste ano percorrendo toda da rodovia na companhia de um engenheiro verificando todas as obras de arte que já foram feita nela.

O custo da obra é de R$ 29.000.000,00 (vinte e nove milhões de reais), e já foram gastos um total de R$ 7.000.000,00 (sete milhões de reais). A obra está em andamento a pelo menos 10 anos.

Ouça aqui na íntegra a entrevista do tesoureiro da rodovia Jorge Mariano de Souza:

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️