Saiba como fazer o descarte correto de embalagens vazias de produtos agrotóxicos em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Com o aumento da produção agrícola na região do Vale do Arinos, a quantidade de embalagens vazias de produtos herbicidas, fungicida e inseticida aumentou.  Por serem agrotóxicos, esse tipo de embalagem não pode ser descartado de qualquer forma.

Para garantir que o meio ambiente não seja degradado, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (INDEA-MT), faz a fiscalização do descarte das embalagens vazias de forma correta.

O chefe do INDEA unidade de Juara, Marcio Rogério, informou que os pecuaristas e produtores rurais devem fazer o descarte das embalagens vazias diretamente na Associação das Revendas de Agrotóxicos de Juara (ARAJU) que fica localizada no distrito de Catuaí, que é a central oficial de recolhimento.

Em seguida as embalagens são recicladas e com isso são feitos outros produtos que não sejam contaminados com o resto de agrotóxico. Márcio Rogério relatou que o Brasil é um dos países que conta com o maior número de pessoas que fazem a devolução das embalagens de agrotóxicos.