Sala do Empreendedor de Juara: Custo zero para quem pretende se formalizar no mercado de trabalho com abertura de MEI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Nos últimos 12 meses, o número de Microempresas individuais (MEIs) abertas em Mato Grosso cresceu 116,93%. Segundo dados da Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat).

O Chefe de Divisão de Cultura Flávio Melo disse a reportagem da Rádio Tucunaré, que esse aumento no Estado de Mato Grosso, se deve as facilidades para quem pretende se formalizar, pois não é exigido o Alvará Sanitário e todas as questões burocráticas e custos com contabilidade que as demais modalidades de empresas tem.

Flávio acredita, que cada vez mais as pessoas vão procurar estarem formalizadas no mercado do trabalho.

Quando a pessoa adquire uma MEI, ela pode prestar serviço para o setor público e em contrapartida, ela perde direitos a alguns benefícios sociais como bolsa família por exemplo, explicou.

As taxas mensais que o MEI paga é baixa, em torno de 60 reais mensais, e a pessoa passa a ter direitos aos benefícios do INSS, como aposentadoria e auxílio saúde.

O microempreendedor tem um teto anual de 81 mil reais e esse limite não abrange todos as atividades previstas no CNAE, por isso Flávio orienta que a pessoa busque informações.

A pessoa interessada deve levar até o CAT de Juara uma cópia do CPF, RG e título eleitoral. É importante ter um e-mail e um número de celular para a formalização da abertura do MEI, lembrou Flávio.

Não há custo para quem pretende abrir sua MEI.

Ao encerrar a entrevista, Flávio informou que todos que quiserem buscar informações ou mesmo abrir o seu MEI, basta procurar a Sala do Empreendedor no CAT para conhecer o serviço e com a parceria junto ao Sebrae, serão oferecidos vários cursos.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site