Soja vai a R$ 101 em Mato Grosso, aponta IMEA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O valor da saca de soja disponível, no Estado, atingiu um dos maiores valores dos últimos anos. O indicador Imea, divulgado, esta tarde, informa que o preço médio da última semana da saca subiu 1,54% atingindo R$ 101,88. Na semana anterior, a cotação havia fechado a R$ 100, 34.

O preço paridade exportação acumulou alta de 3,74% nesta semana, influenciada pela valorização do câmbio e subida dos preços em Chicago (EUA). O dólar corrente apresentou alta de 1,55% na semana, cotado a R$ 5,39/US$. Isso se deu pela aversão mundial ao risco diante do crescimento dos casos de coronavírus em alguns países, analisa o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária.

“A diferença de base entre o preço da soja mato-grossense e o preço da soja na CME-Group vem aumentando nos últimos meses. A disponibilidade de grãos no Estado vem diminuindo com a comercialização avançada desta safra, o que fez com que os estoques internos reduzissem (vale ressaltar que a previsão do USDA para os estoques finais nesta safra para o Brasil são os menores dos últimos quatro anos).

Os fatores que levaram a isso foram vários, sendo um deles a forte demanda interna pela oleaginosa. Além disso, as exportações em Mato Grosso já somam 15,61% a mais que no mesmo período de 2019 (janeiro a junho). E a redução na produção no sul do Brasil “entra na conta”devido à diminuição de oferta no país. Por fim, vale ressaltar que, no mesmo período do ano passado, a diferença de base entre Mato Grosso e CME era de R$ -11,62/saca e atualmente encontra-se em R$ -2,36/saca, e chegou a alcançar “zero” há poucos dias”, conclui o IMEA, no boletim da soja, divulgado hoje.

Fonte: sonoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️