Stress excessivo causado por pandemia pode ser evitado. Confira orientações de Psicóloga de Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Com o evento da pandemia e crescente números de casos, algumas pessoas conseguem se manter equilibradas diante da novidade, mas outras não e percebem um aumento súbito dos níveis de stress que causam danos à saúde, como alteração da pressão arterial, descompasso nos batimentos cardíacos, dores, insônia, tremores, ansiedade, pânico, entre outros

Mayara Franco psicóloga do CAPS de Juara em entrevista a Rádio Tucunaré, orientou os ouvintes sobre como evitar o medo excessivo da pandemia por coronavirus.

A situação é anormal e isso causa stress e algumas pessoas acabam ficando mais nervosas do que outras, disse.

A maneira de conter a evolução de um quadro maior de stress é evitando mídias que cobrem o tempo todo a pandemia, porque tudo que ouvimos acreditamos e essa crença causa uma ampliação do medo, mas, no entanto, devem buscar sempre fontes confiáveis para não receber informações mentirosas e que causem mais danos psíquicos, orientou.

Existem dois extremos, pois algumas pessoas ou acreditam em tudo ou deixam de acreditar e isso é muito prejudicial, ambos são prejudiciais, pois a descrença causa o comportamento de risco e a pessoa começa e afrontar as regras de orientação de saúde.

O pânico pode desencadear depressão na pessoa que desenvolve ansiedade graves diante desasa situação.

O perfil das pessoas mais vulneráveis a sofrer excesso de stress é a classe doas pessoas economicamente ativas com medo de perda emprego, os idosos que sofrem naturalmente com a solidão e o medo de doenças.

A situação precisa ser enfrentada e precisamos ter estratégias para enfrentar a quarentena e uma delas é manter uma rotina de atividades. Fazer atividades de bem-estar, como exercícios, alongamentos, alimentação correta, bacia com água, massagens, enfim, tudo isso ajuda a melhorar a ansiedade, destacou Mayara.

Buscar recursos para manter comunicação com as pessoas, meditação, orações, técnicas de respiração, dedicar aos animais, entre outros.

Caso a pessoa precise receber alguma orientação sobre sintomas da pandemia ou sintomas de stress

Ouça a entrevista  exclusiva da psicologa Mayra Franco

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️