Vigilância Ambiental inicia trabalhos de prevenção contra a dengue e pede apoio da população

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A Prefeitura Municipal de Juara através da Secretaria de Saúde divisão de vigilância ambiental e está fazendo um trabalho preventivo de combate à dengue, com a chegada das chuvas, aumenta incidência e proliferação dos mosquitos transmissores Aedes aegypti.

Uma palestra orientativa de combate a Dengue aconteceu na Escola Iara Maria Minotto Gomes e o diretor Alexandre da Silva, disse que ficou muito satisfeito, porque o processo de aprendizado é um trabalho de orientação, tendo como base no processo educativo, o exercício pleno da cidadania, onde a escola dialogue com os órgãos de saúde afim de mudar posturas.

A escola tem mais de 800 alunos e as crianças ao chegarem em suas casas vão mudar as posturas e comportamentos dos seus familiares, explicou. “A nossa satisfação e ver que os alunos saem daqui multiplicando tudo aquilo que a equipe Municipal de Saúde passou para eles”, disse.

Em entrevista a rádio Tucunaré Arlete Assunção, bióloga disse a reportagem da Rádio Tucunaré e site Acesse Notícias estão com intensificação no tratamento focal nos Imóveis, através de visita domiciliar.

Na oportunidade ela pediu aos ouvintes da emissora, que recebam bem os agentes ambientais.

Os agentes ao visitarem uma residência, só com produtos químicos nos locais prováveis onde o mosquito possa se proliferar.

Os agentes também estão fazendo levantamento dos depósitos grandes como máquina de lavar geladeiras, que precisam ser retirados e por isso, é preciso permitir a entrada do agente nas casas

Os pontos estão sob vigilância e os Agentes estão preparados para agir com produtos químicos, explicou Arlete.

As pessoas podem entrar em contato com a divisão de vigilância ambiental através do telefone (66)3556-3344 para receber a orientação.

Arlete explica que, ao se tratar de pneus acumulados e terrenos baldios, a vigilância ambiental recebe o apoio da secretaria do Meio Ambiente através do secretário João Rissote.

Se o problema for em fossas, recebem o apoio da vigilância sanitária.

Fonte: Rádio tucunare e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site